Denise (MT), 29 de setembro de 2020 - 02:16

? ºC Denise - MT

Política

Defendendo Bolsonaro 28/02/2020 07:51

“Tenho certeza que Bolsonaro não quer fechar o Congresso”, Diz Nilson Leitão

Protestos são vistos como crítica ao Congresso e ao STF e ex-deputado do PSDB defende presidente

 O ex-deputado federal e pré-candidato ao Senado Nilson Leitão (PSDB) saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que vem sendo acusado de “convocar” a população para as manifestações que devem ocorrer no próximo dia 15.

Os atos em defesa das políticas da presidência da República estão sendo vistos, na verdade, como protestos contra o Congresso Nacional e contra o STF (Supremo Tribunal Federal).

A manifestação vem ganhando forço, especialmente, após Bolsonaro compartilhar um vídeo no qual os organizadores mostram, em tom dramático, a facada que o presidente recebeu em Juiz de Fora (MG) para dizer que ele "quase morreu" para defender o País.

"Tenho certeza absoluta que o presidente não quer fechar o Congresso. Ele pode ter problemas com alguns lá dentro. Mas o Congresso não vai morrer"

Leitão afirmou não ter dúvidas de que Bolsonaro defende todos os Poderes instituídos, principalmente, em razão de ter sido deputado por quase 30 anos e por ter filhos que ocupam os cargos de senador, deputado e vereador.

“A democracia é bonita devido a isso. Tenho certeza absoluta que o presidente não quer fechar o Congresso. Ele pode ter problemas com alguns lá dentro. Mas o Congresso não vai morrer”, disse.

“O presidente defende o Legislativo, defende o equilíbrio dos Poderes. Se o Legislativo enfraquecer, enfraquece toda uma nação. Se o Judiciário enfraquecer, enfraquece toda nação. Assim como o Executivo. Por isso a Constituição é inteligente. Ela estabelece que os Poderes têm que ser harmônicos, mas independentes”, emendou.

Leitão afirmou também que os protestos previstos para ocorrer no País não podem ser encarados de forma negativa, independente das defesas que estejam sendo feitas nos atos.

Ele rebateu, inclusive, críticas que vem sendo feitas por políticos ou militantes de partidos da esquerda.

“O ato é legitimo, é da politica. Ninguém pode reclamar. A esquerda fez esse movimento a vida inteira. Vai ter gente contra o Congresso e a favor. Agora, é da democracia esse debate. Isso enriquece”, disse.

“Esses movimentos não podem ser vistos como algo pejorativo. Isso faz parte da democracia. Que bom que a população está indo para rua, está colocando a cara, participando da vida política do País. Isso foi ensinado lá atrás, principalmente, pela esquerda e a esquerda não pode reclamar disso, porque a direita está aprendendo a fazer também”, completou.


1070x100

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site Go7
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo