Denise (MT), 07 de junho de 2020 - 06:35

? ºC Denise - MT

Acontecimentos

21/05/2020 08:23 tangaraemfoco.com.br

Polícia Civil apreende R$ 1.000 em notas falsas em Tangará; notas foram recebidas pelos Correios

 

A Polícia Judiciária Civil (PJC) prendeu na tarde desta quarta-feira, 20, um homem com R$ 1.000 em notas falsas em Tangará da Serra. Mais uma vez a suspeita é de que ele tenha adquirido o produto falso pela internet e recebido em casa pelos Correios.

De acordo com Valmir Castrilon, investigador da Polícia Civil, as investigações do caso começaram depois que um vendedor autônomo da cidade fez uma venda e recebeu uma nota de R$ 100 falsa como pagamento.

Após o elemento deixar o local da compra, o vendedor percebeu que se tratava de uma nota falsa e procurou a polícia. Imediatamente os policiais começaram uma investigação, fazendo diligências e colhendo informações sobre o possível criminoso.

“Conseguimos obter algumas imagens e identificar o veículo e a pessoa que repassou essa nota falsa, localizamos ele e, ao fazer revista pessoal, encontramos 120 reais em notas falsas”, disse Valmir.

Em seguida, os investigadores foram até a residência do suspeito, onde foram localizados mais de 800 reais em notas falsas. “As notas estavam escondidas dentro de um par de calçados, elas foram apreendidas”, disse, explicando que algumas notas são de 100 reais, mas a maioria é de 20 reais.

Notas de 100 e de 20 falsificadas (Imagem: Paulo Cezar/RedeTV)

Ainda de acordo com o investigador, a nota possui boa qualidade, sendo difícil notar que ela é falsa. “Uma falsificação bem-feita, mas você olhando os detalhes, os itens de segurança existentes nas notas verdadeiras, você consegue identificar se tratar de uma nota falsa”, destacou.

As notas passarão por perícia para certificar a falsificação e, por se tratar de moeda nacional, as notas serão encaminhadas à Justiça Federal e a continuação da investigação será feita pela Polícia Federal.

Um envelope encontrado no local também passará por perícia e deverá auxiliar na localização do falsificador.

“Não é a primeira apreensão de notas falsas em Tangará nos últimos meses, recentemente apreendemos notas falsas que foram adquiridas através de rede social e onde a pessoa também recebeu pelo Correio”, finalizou o investigador.


1070x100

Click Denise

Todos os direitos reservados
É proibido a cópia total ou parcial do conteúdo, e a reprodução comercial sem autorização.
Denise- MT

Contato

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo